An duo lorem altera gloriatur. No imperdiet adver sarium pro. No sit sumo lorem. Mei ea eius elitr consequ untur. In mel aeterno.
1-677-124-44227

184 Main Collins Street | West Victoria 8007

Follow us on Social media

Lorem ipsum proin gravida nibh vel velit auctor alique tenean sollicitudin.

(11) 94017-6917 / 96062-0968

|

Seg - Sex 08:00 - 18:00

|

R. Dr. Jaime Pinheiro de Ulhôa Cintra, 375 - Jundiaí / SP

Top

Blog

Películas de Proteção Solar: saiba porque você não pode viver sem elas

Ninguém duvida que a exposição moderada ao sol, que pode trazer inúmeros benefícios, como a produção de Vitamina D, redução do risco de depressão, melhora na qualidade do sono, proteção contra doenças e estímulo à produção de melanina, porém os raios solares podem ser prejudiciais à saúde humana e devemos saber quando nos protegermos dos mesmos.

Os raios solares são ondas eletromagnéticas e se locomovem pelo espaço em velocidades que muito se aproximam à velocidade da luz.

Os raios solares podem ser classificados em:

  • Radiação infravermelha
  • Radiação Ultravioleta
  • Radiofrequência
  • Luz visível
  • Raio Gama
  • Raio-X

Radiação solar

Esta é uma energia, como o próprio nome diz, gerada a partir do sol, alcançando a Terra sob a forma de ondas eletromagnéticas. A intensidade da radiação solar pode alcançar 1366 kw/ m² (quilowatts por metro quadrado). A origem dessa energia são as fusões nucleares geradas a partir do núcleo do sol.

Os neutrinos são minúsculas partículas que de tão pequenas, podem atravessar o interior do planeta Terra sem que toquem em um átomo e o sol gera uma quantidade enorme dessas partículas e na Terra estamos expostos a 8.1010 neutrinos por cm² a cada segundo.

Conheça os tipos de raios solares

A radiação eletromagnética é a forma sob a qual os raios solares são transmitidos, sendo esta energia emitida como radiação infravermelha, ultravioleta e luz visível.

A radiação infravermelha (IV) é a radiação eletromagnética possuindo comprimento de onda entre 700 nanômetros e 1 milímetro e de frequência menor que a luz visível. A radiação infravermelha não é visível a olho nu, porém pode ser percebida por sua propriedade de aquecimento.

A radiação ultravioleta (UV) é toda radiação eletromagnética com comprimento de onda entre 200 e 400 nanômetros e de frequência maior que a luz visível. Recebe este nome pois violeta é uma cor de maior frequência que a visão humana consegue ver. Ela corresponde a 9% de toda a energia do sol que chega à superfície da Terra.

Por ser a radiação com energia maior que as demais emitidas pelo Sol, representa uma série de perigos aos seres viventes, mas a camada de ozônio que envolve o planta tem a função de proteger todas as formas de vida contra os males causados pela incidência dos raios ultravioleta.

Porém com a deterioração da camada de ozônio, a incidência de raios ultravioleta aumenta gradativamente na superfície da Terra e a depreciação dos seres vivos pode ser sentido de forma mais rápida.

 

Raios solares e seus efeitos

Apesar da radiação infravermelha não acarretar efeitos significativos sobre o corpo humano, pois não possui grande poder de penetração na pele, a excessiva exposição pode causar queimaduras.

Os raios ultravioleta, porém, classificam-se como agudas ou crônicas. As reações agudas são as queimaduras, bronzeamento e produção de Vitamina D e podem desaparecer com brevidade. Já as crônicas, como fotoenvelhecimento e câncer de pele, surgem gradualmente e persistem por um tempo mais prolongado.

A organização Cancer Research UK chegou à conclusão de que a radiação ultravioleta também pode acarretar um raro tipo de câncer ocular, denominado melanoma conjuntival.

As pessoas podem ser classificadas por fototipo 1,2,3,4,5 e 6. E indivíduos classificados como fototipos 1 e 2, ou seja, pele clara, sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros. Pessoas que possuem histórico familiar de câncer cutâneo, queimaduras de sol e pintas precisam redobrar os cuidados.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia algumas recomendações protetivas precisam ser adotadas por todas as pessoas, como:

  • Usar óculos escuros;
  • Usar chapéus, camisetas e protetores solares;
  • Evite a exposição solar e permaneça na sombra entre 10h e 16h;
  • Use filtros solares diariamente, e não somente em horários de lazer e diversão;
  • Observe regularmente a própria pele à procura de pintas ou manchas suspeitas;
  • Consulte um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para realizar exames completos;
  • Mantenha bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses;
  • Na praia ou na piscina, use barracas feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material.

Películas de Proteção Solar Automotiva

Considere, porém a correria do dia a dia e você acabará percebendo que as recomendações podem ser deixadas de lado e você acabar se expondo demasiadamente aos raios solares.

Por exemplo, ao dirigir todos os dias, pode estar recebendo os raios nocivos do sol diretamente no rosto, pescoço, braços, abdômen, pernas, etc. Inclusive os demais ocupantes do seu carro, como por exemplo, seus filhos, principalmente os bebês.

É por isso que todos os dias as pessoas recorrem às películas de alta performance que são capazes de bloquear em até 99% os raios ultravioleta e rejeitar até 80% o calor advindo dos raios infravermelhos, mas permitindo a entrada de luz visível, fazendo com que a visibilidade no interior do veículo seja possível.

As películas de alta performance possuem diversas configurações, como tonalidades, opacidades, cores e estilos, trazendo também o diferencial do estilo.

As películas possuem múltiplas camadas funcionais que atuam em cada elemento dos raios solares, filtrando e protegendo a pele muito mais eficientemente do que o uso de um óculos escuro ou protetor solar e podem reduzir consideravelmente o consumo de combustível quando utiliza-se ar condicionado.

Películas de Proteção Solar Residencial

As películas de proteção solar também são largamente utilizadas em projetos arquitetônicos, pois igualmente agregam diversos benefícios.

Casas, escritórios, prédios, apartamentos, comércios em geral que possuem janelas, varandas, sacadas envidraçadas, tetos de vidro, claraboias, vitrines são beneficiados com a proteção advinda das películas de redução de calor e bloqueio de raios ultravioleta, protegendo assim móveis, seus ocupantes, aparelhos eletrônicos e reduzindo gastos energéticos com climatização.

Películas de Proteção Solar: lista de benefícios

Confira todos os benefícios que você pode obter com a instalação de películas solares em seu automóvel ou residência:

  • Conforto térmico
  • Conforto visual
  • Redução de gastos com climatização
  • Estética externa e interna
  • Valorização e modernização do ambiente ou veículo
  • Diversos modelos à escolha
  • Adequação à fachada
  • Ótima visibilidade
  • Privacidade
  • Totalmente legalizado
  • Garantia de fábrica
  • Garantia na instalação
  • Acabamento perfeito

Películas de Proteção Solar: cuidado com imitações

Infelizmente, existem empresas que vendem películas de má qualidade sob o manto de películas de performance e cobram preços excessivos por películas que não possuem nenhuma rejeição de calor ou rejeição de calor reduzida e não bloqueiam os raios ultravioleta como prometido.

Faça seu orçamento aqui na NC PELÍCULAS!
(11) 94017-6917
contato@ncpeliculas.com.br

Share
No Comments
Add Comment
Name*
Email*
Website

Converse Agora!
Posso Ajudar?